Quarta-feira, 17 de Junho de 2020 16:35

Prefeitura e escolas municipais e privadas se reúnem para debater protocolos de retorno das aulas

A reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira. A reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira.

Prefeitura e representantes de escolas privadas e da rede municipal reuniram-se na manhã desta quarta-feira, 17/06, para falar sobre os protocolos de volta às aulas. Este foi o segundo encontro do grupo, que deverá se reunir semanalmente para acompanhar a evolução da pandemia do novo coronavírus e analisar as decisões estaduais acerca das questões envolvendo as escolas. Não há definição de data de retorno das atividades nas escolas.

 

A definição de volta das aulas presenciais depende de permissão do governo do Estado. Os decretos estaduais não permitem o retorno das aulas presenciais até este momento. Ainda assim, como o Estado já publicou decreto específico sobre quais serão as exigências para que as escolas retomem as atividades, o município de Lajeado decidiu se antecipar e ir encaminhando as ações necessárias para que possa estar com os protocolos ajustados e aprovados quando for possível retomar as atividades, o que agilizará os procedimentos.

 

Participaram da reunião o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, a vice-prefeita, Gláucia Schumacher, a secretária municipal da Educação, Vera Plein, o secretário da Saúde, Cláudio Klein, o diretor executivo do Hospital Bruno Born, Cristiano Dickel, o diretor de Serviços em Saúde da Univates, Jairo Hoerlle, a superintendente executiva da Unimed  VTRP, Rosilene Knebel, o assessor jurídico da Prefeitura, Natanael dos Santos, o coordenador da Defesa Civil de Lajeado, Heitor Hoppe, e os diretores das escolas privadas Gustavo Adolfo, Edson Wiethölter, do Madre Bárbara, Maria Helena Jacques, e do Sinodal Conventos, Rui Griesang. Os diretores do Alberto Torres, Rodrigo Uhlrich, e do João Batista de Mello, Vanderlei Kraemer, também integram o grupo, mas não puderam estar presentes. O grupo já havia participado de uma reunião inicial no dia 9.

 

Na reunião, ficou acordado que, para ir adiantando as ações necessárias, o município publicará nos próximos dias o decreto com os integrantes do Centro de Operações de Emergência em Saúde para a Educação - Municipal (chamado COE-E Municipal), que contará com a participação de um representante de cada escola privada, além da rede pública municipal. Este grupo é exigência da Portaria Conjunta das Secretarias Estaduais da Saúde e da Educação nº 01/2020, que trata das "medidas de prevenção, monitoramento e controle ao novo coronavírus (Covid-19) a serem adotadas por todas as Instituições de Ensino no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul." As escolas estaduais terão regramento próprio definido pelo governo do Estado e por isso não fazem parte deste grupo.

 

Além da formação deste Comitê, também ficou acordado que cada escola, municipais e privadas, deverão formar o seu próprio COE-E Local, ou seja, da própria instituição de ensino que deverá ser formado, no mínimo, por um representante da direção da instituição, um representante da comunidade escolar ou acadêmica e um representante da área de higienização. Este comitê em cada escola também é exigência da legislação estadual.

 

Os comitês locais serão apresentados ao município em reunião na próxima terça-feira, 23/06, ocasião em que as escolas que já tiverem iniciado a elaboração de protocolos de retorno às aulas apresentarão suas propostas ao grupo para ampliar a discussão das alternativas entre os estabelecimentos. A ideia inicial é que sejam definidos regramentos gerais, que todas as escolas deverão seguir, e regramentos específicos, que cada uma poderá definir por sua própria conta.

Prefeitura Municipal de Lajeado (RS)
Rua Cel. Júlio May, 242 - Telefone (51) 3982 1000
CNPJ 87.297.982/0001-03